ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO FLORESTAL ENGENHARIA FLORESTAL NA UFV - DESDE 1960 CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO GRUPOS E LINHAS DE PESQUISA NA CIÊNCIA FLORESTAL

Endereço

Departamento de Engenharia Florestal
Avenida Purdue, s/nº
Campus Universitário
Edif. Reinaldo de Jesus Araújo
36.570-900   Viçosa – MG – Brasil
Tel.: +55 (31) 3899-2466 / 2465 / 2478
Fax.: +55 (31) 3899-2469
E-mail: def@ufv.br

Histórico

Engenharia Florestal na UFV

O ensino florestal em Viçosa teve início em 1927, após a inauguração da Escola Superior de Agricultura e Veterinária (ESAV) em 28/08/1926, que contava, entre os seus 15 departamentos, com o Departamento de Silvicultura.

Em 1948, a ESAV foi transformada em Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (UREMG), o que permitiu a realização do primeiro Concurso de Cátedra de Silvicultura do País em 1959, com a consequente admissão de novos professores.

Em 30 de maio de 1960, pelo Decreto n° 48.247 e com o apoio da FAO, órgão das Nações Unidas para a Agricultura, foi criada em Viçosa a primeira Escola Nacional de Florestas, mediante acordo firmado entre a UREMG e os Ministérios da Agricultura e da Educação e Cultura. Entretanto, por razões diversas, não foi possível a continuação desse acordo, em virtude da transferência da Escola para a Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, em 14 de novembro de 1963.

O Governo de Minas Gerais, juntamente com a UREMG, resolveu manter uma unidade de ensino florestal de nível superior e, pelo Decreto nº 7.419 de 21 de fevereiro de 1964, criou a Escola Superior de Florestas (ESF), composta pelos Departamentos de Administração Florestal, Conservação Florestal, Dendrologia e Ecologia, Silvicultura e Tecnologia de Produtos Florestais.

Suas atividades foram iniciadas em 3 de março desse mesmo ano, tendo como diretor o Professor Arlindo de Paula Gonçalves, que diplomou naquele ano os cinco primeiros engenheiros florestais: Geraldo José dos Santos, José Sales Mariano da Rocha, Reinaldo de Jesus Araújo, Renato Mauro Brandi e Sebastião Moreira Ferreira da Silva.

A ESF passou a constituir uma das unidades de ensino da UREMG, seguindo os objetivos básicos de sua filosofia: Ensino, Pesquisa e Extensão. Em 1969, ocorre a federalização da UREMG, que veio denominar-se Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Em julho de 1978, obedecendo à Portaria Ministerial nº 465, a UFV passa por uma profunda mudança organizacional e administrativa, quando a Escola Superior de Floresta, com as suas cinco unidades departamentais, se transforma no Departamento de Engenharia Florestal (DEF), vinculado ao Centro de Ciências Agrárias.


Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress